segunda-feira, dezembro 25, 2006

"Socrates" falou ao "país de Socrates" puramente virtual ....

O nosso "Primeiro" falou hoje ao Povo, á boa maneira do antigamente, "Quase parecia as conversas em família de Marcelo Caetano"!
Falou para o "País de Socrates" e disse "O primeiro-ministro, José Sócrates, sustentou que a economia, as contas públicas e o emprego estão a melhorar "passo a passo" em Portugal, numa mensagem de Natal em que pediu "confiança". mas onde é que isto que o nosso "Primeiro" fala se passa?
Ainda a semana passada como prenda de Natal os trabalhadores da OPEL Azambuja receberam como prenda o fecho da empresa e a deslocalização para Espanha.
Falou que ""De Setembro de 2005 a Setembro de 2006, a economia portuguesa foi capaz de criar 57 mil novos empregos"", e os empregos que não conseguiu proteger? todos os dias se vê engrossar o número de desempregados que se increvem no "Serviço Nacional de Emprego", onde é que está transparebñcia? porque se diz que o número de desempregados diminui? se o que sucede é que os serviços do Estado raramente conceguem encontrar um emprego para um desempregado, e claro quando os desempregados chegam ao fim do súbsidio de desemprego deixam de fazer parte da base de dados por considerarem inoperante os serviços.
E quando os serviços chamam um desempregado para um ficticio lugar e esse mesmo desempregado não têm perfil para o mesmo? aconteceu comogo! isto só serve para estatistica infelizmente.
E quando os serviços levam mias de dois anos a decidirem se um qualquer desempregado pode ou não receber o subsidio por inteiro para criar o seu próprio emprego? quando o deveria fazer em seis meses.
Como podemos estar a progredir na melhoria do poder de compra se cada vez se vê menos ordenado e os custos a aumentarem.
Pura ficção do "País de Socrates".
Diz que este ano vai "Portugal vai cumprir o objectivo central de redução do défice para 4,6 por cento," claro isto só pode suceder pondo a população portuguesa em dificuldades.
Aqui vai o enderesso para lerem e meditarem.
http://www.rtp.pt/index.php?article=264481&visual=16
Leiam com atenção a noticia para onde vos enderesso, porque para 2007 vêm ai mais problemas para nós. O sacrificios são só para nós porque os políticos até ver ainda não tiveram a delicadesa de procurarem encurtar as desigualdades sociais. Hoje começa a ser cada vez mais visivel as diferenças entre os muito ricos e os mais pobres, que são cada vez mais, a classe média quase que desapareceu.
Boa noite.
Fiquem bem.

4 Comments:

At 5:37 da tarde, Blogger Ana Luar said...

José eu até acredito no k ele disse.
Apenas se esqueceu de dizer k as melhorias só se fazem sentir na classe dele. Dos ladrões e corruptos.
Feliz Natal José...

 
At 10:46 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Pois é José o PM falou ao coração dos ricos, os tais que os colocam no poder.
Melhorias é e em quê ? , sacrificios aos pobres e idosos.
Criou empregos , que empregos criou o mesmo PM , se assistimos a fechos contínuos de empresas.
Sim naturalmente o desempregádo deixa de fazer parte do número quando cai na lista .
Não gostei do discurso do PM , acheio hipócrita na maneira de dizer que os idosos mais desprotegidos teem a sua solidariedade.
Só se for para andarem aos caixotes do lixo.touaqui42

 
At 2:49 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Já estou completamente saturado dessa cambada xuxialista!
Obrigado pela passagem nos trópicos. Volte sempre...

 
At 2:24 da tarde, Anonymous fernandomoraisgomes said...

boas festas e boas postagens para 2007!

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home