sábado, dezembro 30, 2006

Saddam Hussein executado

Assim se cria mais divisões entre o povo iraquiano!
Nasceu no mundo dividido em religiões que adoram o mesmo profeta e diferentes martires, mais um "martir".
Como pode um Estado ser livre se não tem para com a capacidade de comutar ou abolir a pena de morte.
Não fazendo a defesa de um "ditador", que foi criado, protegido e armado, qual delas a mais mortifera, pelos americanos durante a guerra contra o Irão.
Este é o mundo que temos, com personagens mais lucas que "Saddam" e que nunca se sentarão em nenhum banco dos réus para serem julgados.
Quantos pensarão hoje que George Bush também deveria ser julgado pela invensão dos "camiões laboratório" que nunca foram vistos por serem invensão da mente doente do presidente dos EUA e seus acólitos.
A notícia do enforcamento do "ditador Saddam" vem em todos os jornais do mundo.
Aqui fica um desses, Correio da Manhã.
"O antigo líder iraquiano Saddam Hussein foi executado por enforcamento esta madrugada, por volta das 06h00 locais (03h00, em Lisboa), avançou a televisão pública iraquiana, Iraqia, uma informação que já foi confirmada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros iraquiano. Entretanto, a televisão iraquiana adiantou também que o meio-irmão de Saddam Hussein, Barzan al-Tikriti, e o antigo presidente do tribunal revolucionário Awad al-Bandar, foram igualmente enforcados esta madrugada."
http://www.correiodamanha.pt/noticia.asp?id=225915&idselect=91&idCanal=91&p=200
e,
"Recusou a venda. O olhar estava ausente como se não entendesse o que se passava. Rezou e morreu pela forca ao amanhecer de mais um dia de extrema violência no país. O ex-ditador deverá ser sepultado hoje em Tikrit, sua terra natal. Polémico, Saddam divide o Mundo também com a sua morte."
http://www.correiodamanha.pt/noticia.asp?id=226020&idselect=9&idCanal=9&p=200
Esta não será a melhor maneira para o Mundo acabar o ano, nem para o fanático Bush.
Mas cá vamos nós para o novo ano.
Fiquem bem

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home