sexta-feira, julho 06, 2012

Relvas e as Novas Oportunidades ...

Um programa para combater a pobreza intelectual, ou mascara essa mesma pobreza, criada no tempo do Governo de Sócrates parece ter inspirado o nosso rei das trapalhadas, primeiro foram as secretas com o magnanimo espão Silva carvalho, depois veio as escaramuças com os jornalistas do Público, tendo por meio a ERC, agora surgem as cada vez menos claras referencias ás virtuzidades académicas do Pacheco do Relvas, mas em que ficamos?
De uma coisa parece não haver dúvidas, a de que houve compadrio de interesses com o reitor da Universidade Lusófona ...., senão vejamos o que as notícias do dia dizem sobre o assunto.
Miguel Relvas conseguiu a equivalência a 11 das 36 disciplinas do curso de licenciatura com base, essencialmente, na experiência profissional que declarou ter obtido anteriormente em quatro empresas privadas. Mas a sua ligação a essas empresas tinha apenas alguns meses. E o cargo de administrador que disse à Univerdade Lusófona desempenhar numa delas devia ter sido declarado ao Tribunal Constitucional (TC) em 2009, mas não o foi.
Isto vai ser uma trapalhada maior que a do nosso estudante de filosofia, José Sócrates, ou será Pinto de Sousa? ...
É melhor não mexerem nas habilitações acadêmicas de alguns políticos de direita e centro direita, aqui da nossa praça, não vá algum também ter andado nas Novas Oportunidades ....
Fiquem bem

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home