segunda-feira, fevereiro 12, 2007

Abstenção ....

Realizou-se pela primeira vez eleições no Portugal pós 25 de Abril, em 25 de Abril de 1975, para eleger os deputados á Assembleia Constituinte.
Deputados esse que tiveram a incumbência de redigir a Constituição da República Portuguesa.
Estavam inscritos 6.231.377 eleitores, votaram 5.711.829 eleitores o que correspondeu a 91,66 %, absteram-se 519.543 eleitores o que correspondeu a 8,34%, não houve votos brancos e os votos nulos cifraram-se em 397.765 eleitores o que correspondeu a 8,34%.
Foi espectacular colaborar no registo dos eleitores para depois serem feitos os cadernos eleitorais, na altura tinha 21 anos, era a primeira vez que ia votar, naquela época a maioridade eleitoral adquiria-se aos 21 anos.
A afluência para votar foi de tal modo intensa, que as filas começaram a formar-se ainda muito antes da hora prevista para a abertura das urnas.
Era uma festa, a população vestiu-se com a sua melhor roupa, para ir votar.
Com a alegria de ir votar pela primeira vez em liberdade, e as mulher por poderem ir votar pela primeira vez na vida, pois o voto no tempo do Estado Novo era vedado ás mulheres.
Coisas do fascismo.
E porquê toda esta conversa, pois, para vos dizer que é com tristeza que passados 32 anos sobre o primeiro acto eleitoral ver o descrédito em que os actos eleitorais deste país de brandos costumes atingiram.
Mais uma vez ontem, 11-02-2007, o absentismo foi arrasador.
Vejam só:
Abstenção:56,39%
Na página do CNE podem ver-se todos os resultados eleitorais.
Algo vai mal neste país onde a credibilidade dos deputados vai pela hora da morte.
Fiquem bem

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home