terça-feira, março 27, 2007

O Funcionário Público do "País de Sócrates" ....

O futuro Funcionário Público, da época do "choque tecnológico" e da "flexisegurança" , será o mais competente de que este "País de Sócrates" jamais imaginaria quando relegaram Santana Lopes para as catacumbas da política, qual personagem ignóbil excomungada da vida pública.
Pois, é tal como vos digo, segundo um trabalho da revista Visão,
http://visao.clix.pt/default.asp?CpContentId=333060
o futuro funcionário pertencerá a um mundo onde as vagas universitárias serão tantas que se porão anúncios nos jornais a oferecer remunerações para frequentar esta ou aquela universidade, as transferências serão a custo zero.
Como atrás disse não existirão propinas, os estudantes receberão uma compensação monetária como incentivo para estudar.
Os lugares na Função Pública serão preenchidos pela nata dos licenciados, porque viveremos no país dos doutores, que terão que ter menos de 40 anos para acederem a um lugar como empregados do estado.
Concluímos que no futuro teremos o estado a tratar os seus cidadãos com melhor trato, mas ! existe sempre um mas, quando não percebemos o que os idolatrados da politica fazem algo de incompressível.
Ao lerem estas linhas perguntaremos o seguinte ... porque então o governo deste país aumentou a reforma para os 65 anos se pretende ser o melhor exemplo para os privados ao considerar que um simples cidadão deste "País de Sócrates" só tem valor até aos 40 anos e, depois quem lhe vai dar valor, emprego, se o próprio Estado dá o pior dos exemplos.
E esta hei!
Meditem ...
Fique bem

1 Comments:

At 2:33 da tarde, Anonymous Andesman said...

Se o país fosse só de Sócrates ou se o unico problema fosse Sócrates, nós podíamos bem com isso. O problema é que este veterano já conheceu tantos PM,s e tantos governos que prometeram resolver os problemas deste país e a situação é a que temos. É preciso ter muita esperança para ainda ter um sorriso. 1 abraço

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home