quinta-feira, dezembro 05, 2013

As Agências de rating, os professores e a pobreza em Portugal.

Boa noite.

Que título mais estranho dirão alguns, mas tudo tem uma interligação, as agências de rating ou de notação financeira têm uma ligação intrínseca com a pobreza pela especulação e más análises feitas ás finanças dos países, dos bancos, das empresas, etc, com a agravante de terem e têm interesses nos grandes bancos financiadores das economias mundiais, desde sempre que os economistas conscientes vêm dizendo isto mesmo, mas agora foi a ESMA (Autoridade Europeia dos Mercados de Valores Mobiliários) que descobriu que os gestores e as equipas de comunicação a análise das economias que tinham uma forma promiscua de interferirem nestas conferencias de análise das economias dos países que as contratavam, e que ajudou a que o descalabro das economias fosse ainda maior.



Então vamos chegar á pobreza ou de exclusão social em Portugal, segundo o Eurostat, poderão atingir 25,3% da população total, ora aqui há uma percentagem da mãozinha criminosa das agências de rating que foram promiscuindo os dados entre os grandes interesses financeiros, de que fazem parte interessada e o endividamento dos países, empobrecendo as populações que juntamento com os governos se foi endividando, ora aqui está uma primeira ligação para o título.


E como chegamos aos professores, e ás outra classes trabalhadoras?
Pela mesmo motivo que o empobrecimento aumenta, este encontra-se intimamente ligado ao desemprego, e mais trabalhadores mandados para o desemprego vão engrossar as situações de miséria e pobreza num país já em recessão avançada, por muito que estes "Pachecos" nos digam que não.


Mas para assanhar mais a situação deste pobre país e aumentar as divisões eis que a Presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, vem com a retórica de que há lugares intocáveis para se protestar, como se um povo com fome olhasse a meios ou lugares para reclamar os seus direitos.

Enfim com toda a oposição a clamar por mudanças e o fim deste ministro da educação, eu diria mais todo o governo destes neoliberais deveria ir de abalada e ficar lá.

Como vêm tudo tem ligação quando as maldades atingem os indefesos e estes um dia decidem deixar de ser pacíficos, e se revoltam.

Fiquem bem.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home