segunda-feira, fevereiro 04, 2013

Malala Yousafzai

Hoje a conversa é outra!
É interessante ver como a descoberta dos direitos e deveres não tem idade, Malala a menina paquistanesa, de 15 anos, que foi brutalmente atacada e ferida por fanáticos, talibans, seguidores de uma religião, ou forma de doutrinar essa religião, que usam e abusam da iliteracia de um povo escravizado pelo medo de Deus, o que a ser verdade seria uma atrocidade. Mas não, esse Deus não é assim tão mau como muitos fazem crer, isto dito por um ateu parece uma blasfêmia, mas não é, do que fala a Bíblia ou o Corão é de amor e amizade entre os crentes, e não o que fanáticos apregoam em nome desse Deus, destruindo os monumentos, manuscritos, ou atacando crentes pacíficos que adoram o seu Deus, obrigando as mulheres á subjugação e impondo represálias impiedosas.
Ora bem o que esta menina descobriu foi que mesmo crente o gesto de humanidade em prol de outras meninas lutou para que as mesmas oportunidades que eram dadas aos homens fossem distribuídas pelas mulheres, meninas neste caso, a educação é para todos e não para uma pequena minoria  O que ela procura na sua terra é que as meninas possam ter o mesmo direito ao ensino que têm os rapazes.


Esta menina coragem vai em frente e já anunciou que a luta pela literacia das suas compatriotas tem de ser levada a sério, pelo que decidiu criar um Fundo Malala para que o seu sonho se concretize, uma educação para todos.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home