sábado, novembro 17, 2007

Os negócios do "nosso Primeiro", José Sócrates, com as empresas de telefones móveis .....

Depois de ler a notícia da revista Sábado sobre a forma conivente como as empresas de telefones móveis funcionam com o o Governo do "nosso Primeiro", José Sócrates, na entrega dos computadores a preço de promoção, mas que se fizermos bem as contas ficaremos prejudicados com a "fidelidade" á ligação á NET por três anos, concluímos que compraremos um computador por igual preço e de melhor qualidade.
O tema da notícia faz-me lembrar um programa de rádio em que os ouvintes ligavam para a emissora a pedir um tema musical, o locutor quando atendia o telefone pedia uma frase e solicitava o titulo da , esse programa intitulava-se "Quando o telefona toca".
Na situação descrita na notícia da Sábado são as empresas de telefones móveis que telefonam e impõem a presença dos "felizes" contemplados a estarem presentes na entrega do computador onde estará o "nosso Primeiro", José Sócrates", para a entrega "mediática" dos ditos utensílios.
Para demonstrar o seu interesse no avanço do "choque tecnológico" quando temos 2 milhões de portugueses á beira da fome e 440 mil desempregados, dados oficiais, e mais uns milhares que já nem são contabilizados por se encontrarem há muito sem subsidio, portanto não fazendo parte das estatísticas do desemprego.


Na foto que vem na notícia lá vemos além do "nosso Primeiro", o ministro dos desertos, Mário Lino, e a não menos mediática ministra da educação, Maria de Lurdes Rodrigues, que pelas notícias que vêm a lume também tinha maus fígados quando leccionava, com os saquinhos das prendas.
Mais uma vez este Governo formado por tecnocratas desumanizados, usa e abusa da sua prepotência para fazer o que muito bem lhe apetece para alcançar os seus fins, o poder a todo o custo, neste caso levando a população á miséria.

Fiquem bem

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home