sábado, janeiro 26, 2008

A SAÚDE no "País de Sócrates" .......

Há bem pouco tempo tínhamos ministro, Manuel Pinho, que apelava á vinda de industrias chinesas, porque cá por Portugal os ordenados eram baixos, depois apareceu um ministro, Mário Lino, que considerou que a margem sul do Tejo além de ser um deserto tinha também um cancro, quando ainda se dizia "jamais" o aeroporto será noutro sitio que não a OTA, bom agora é no deserto canceroso da margem sul do Tejo.
Agora temos um ministro, António Correia de Campos, que quer matar os velhinhos, não é á boa maneira do papão do comunismo como em tempos de Salazar os salazaristas diziam que os comunistas da URSS faziam, com uma injecção atrás da orelha, Este senhor vai matar muitos velhinhos ao retirar as urgências dos hospitais consideradas pouco rentáveis, ao fechar os postos de atendimento nocturno nos SAP's deste "País de Sócrates", o que tem vindo a suceder é uma vergonha com as mortes a ocorrerem por este país de norte a sul.
É só lermos os jornais e vermos a mortandade que graça neste país onde o que não é rentável tem de ser fechado a bem do défice.
Fiquem bem

1 Comments:

At 1:44 da tarde, Blogger zé lérias said...

É tempo de vir p'rá rua e lutar.
Se não...

Um abraço


..............

Serviço Nacional de Saúde
O remédio dos portugueses é rir.
Aqui vai uma amostra. Se já tiveres, troca:

http://videos.sapo.pt/Jqim3j5WTIg9lCb2lpf4

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home