domingo, janeiro 23, 2011

As eleições presidenciais no "País Virtual de Sócrates" ....

Hoje dia de eleições Presidenciais onde o "povo" deposita a esperança de que algo mude na vida deste "País Virtual de Sócrates" onde a implementação do cartão de Cidadão foi "vendido" como uma inovação que iria deixar o pobre Cidadão livre de uma catrefa de cartões de identificação, está tornar-se um autentico pesadelo para os mesmos.
Senão vejamos o que acontece a um simples cidadão mais distraído, que ao chegar a uma mesa de voto com o seu "brilhante", dele José Sócrates, cartão de Cidadão depara-se com um problema grave ninguém sabe onde votar pois o número de eleitor não é visível no "brilhante" cartão e, o velho cartão de eleito já há muito que foi para parte incerta, senão mesmo para o lixo. Ou o cidadão foi atendido quando tratou do "cartão de Cidadão", como me aconteceu a mim, por um bom(a) funcionário público do arquivo de identificação que lhe recomendou que guardasse os cartões não visíveis já que os "Magalhães" não irão chegar ás mesas de voto para identificar "virtualmente" os cidadãos.
Reparem que segundo estimativas dos jornais a votação a meio do dia rondava os 13,5% ....., tal como o jornal Público informa na sua versão on-line.
Presidenciais
Participação 6% mais baixa do que em 2006
23.01.2011 - 13:36 Por PÚBLICO
A taxa de participação nas eleições presidenciais estava situada nos 13,4 por cento às 12h00, menos seis por cento do que no mesmo escrutínio em 2006, avança a Comissão Nacional de Eleições.
Podemos assim constatar que o "País Virtual de Sócrates" mais uma vez foi um fiasco onde o dinheiro mal gasto nos deixa ficar na incerteza de que assim com estes senhores não vamos a lado nenhum, nem com estes nem com os que para lá querem ir, os mesmos que antes por lá estiveram, o "centrão" não deixa o País evoluir, essa é uma certeza que as ideias de políticos lunáticos como os "socráticos" que nos empurram para vivermos em ambiente virtual, o problema é quando acordamos e se nos depara um país á beira de colocar a população na miséria , onde os "encobertos" vêm dizer que no tempo do "Salazarismo" é que era bom .......
Por último podemos pensar, o pensamento neste "País virtual de Sócrates" ainda é livre, que o absentismo está a acontecer por os Cidadãos estarem a ser impedidos de votar, passará sem dúvida pela cabeça de muitos o sugestão de que poderíamos, ou deveríamos, impugnar estas eleições, dada a inoperância do Estado em resolver o problema criado pela falta de esclarecimento sobre o que fazer se surgisse um problema como este.
Por agora fiquem bem

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home