segunda-feira, março 24, 2014

O aumento da Pobreza em Portugal e as idiotices nas Jornadas Parlamentares do PSDNo mesmo dia em que se iniciam as Jornadas Parlamentares do PSD

Boa noite.

No mesmo dia em que se iniciaram as Jornadas Parlamentares do PSD, o INE (Instituto Nacional de Estatiistica) publicou o resultado estatístico do inquérito ao Rendimento e Condições de Vida 2013 (Dados Provisórios), e ficamos a saber que a população em risco de pobreza em 2012 era de 18,7% tendo aumentado 0,8% em relação ao ano de 2011, que tinha sido de 17,9%

O que nos levará a questionar como estará Portugal depois de toda a os actos neoliberais de empobrecimento da população perpetuados pela "malandragem" que nos governa, onde se dão ao luxo de dizer que o País está melhor, embora saibam que o Povo está pior, ai está , está! disso não têm os portugueses dúvidas, pois sentem na pele e ficaram ainda a saber por comentadores afectos ao PSD/CDS de que vem ai mais do mesmo.

Bom! mas como lá atrás disse começou hoje as Jornadas Parlamentares do PSD, e logo tivemos uns idiotas de proa a proporem idiotices que nem os do tempo da outra Senhora se lembrariam, pois! temos que aquela que tutela o Conselho das Finanças Públicas, Teodora Cardoso, que propõe algo que nenhum país, segundo ela, teve a veleidade de aplicar, se isto não é neoliberalismo, então estamos votados ma ser governados por perfeitos idiotas.


Só me apetece cantar aquela canção de Oh Teodora não vás ao sonoro ....

Mais á frente acrescenta que deve haver uma divisão entre os portugueses,ou seja, os menos qualificados devem ganhar menos que os mais qualificados em estudos, isto é voltarmos a tempos que já nos havíamos esquecido, os tempos do Fascismo, onde os filhos dos ricos estudavam e os dos pobres iam para as fábricas trabalhar logo saídos da instrução primária.


Toca a dar salários de chinês aos portugueses.

Mas enfim, é o que criamos nestes 40 anos de Democracia, e nós os homens do PREC é que éramos os malandros.

Mas, como sempre se disse não há duas sem três, neste caso não é uma idiotice, mas uma intervenção de Guilherme D' Oliveira Martins, Presidente do Tribunal de Contas, que mais parecia um conselho de novo de carís fascisante, que os problemas da dívida pública não deveriam ser tratados na via pública mas, no recato dos gabinetes, ora senhor presidente ai o Povo não ouve o que esta "malandragem" diz nas nossas costas. Tem como qualquer neoliberal, eu bem digo que o PS está cheio deles, que temos de pagar uma dívida soberana que nem a Alemanha paga, pois diga lá senhor presidente que só que nos encontramos a pagar são só juros e só juros vamos pagar toda a vida e, que é assim que os credores vivem, vivem dos juros das dívidas soberanas.


São estes os homens e mulheres que conseguiram enganar os portugueses com falinhas mansas de democratas que agora começam a surgir com as suas verdadeiras identidades de neoliberais, juntamente com os boys das juventudes partidárias do PSD/CDS/PS que se posicionam muito próximo de nos instituírem um ditadura com mascara de democracia, levando a mais do mesmo, austeridade quer ela seja do PSD/CDS quer com o PS, não esquecendo o que está a acontecer em França, Hollande, deu uma grande oportunidade á extrema direita de se aproximar da área do poder, algo que a esquerda pura sempre se esqueceu de tentar alcançar.

Fiquem bem

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home