terça-feira, novembro 10, 2015

Ir ou não ir eis a questão.



Hoje não fui á manifestação!
No fim acabei por ter pena de não ter ido.
Agora já não há remédio.
Acabei por ouvir o debate da Assembleia pela rádio enquanto trabalhava.
Ir ou não ir eis a questão.
No entanto enriqueci a minha cultura politica, não se pode ter tudo, conclui que em Portugal muitos dos nossos políticos ainda não interiorizaram que a Democracia é mais que um simples lugar de Primeiro Ministro, e de que quando se vota não se vota para um lugar de Primeiro Ministro, que como se viu nem sempre tem de ser o Presidente ou Secretário Geral do partido mais votado.
Ouvi também um comentador dizer que nos países democráticos isto pode acontecer, e todos sabemos que já aconteceu diversas vezes, é só vasculharmos na Net para concluirmos que nos últimos anos em 4 países  assim aconteceu ....
Hoje não fui á manifestação! 
Durante o debate ficou bem presente o revanchismo da direita neoliberal por ter percebido que não podia continuar a maltratar o Povo, durante o debate foi bem presente o incomodo com a forma como os deputados do PSD/CDS se comportaram no hemicíclico.
Mas, hoje algo muda em Portugal, a ostracização a que haviam sido relegados os apoiantes, cerca 28%, alcançaram finalmente a oportunidade de através dos partidos á esquerda do PS  terem uma palavra na solução governativa do PS.
Hoje não fui á manifestação!
O governo de Passos/Portas foi rejeitado por uma moção de rejeição que teve o apoio do PS/BE/PCP/Verdes, que demonstra que há mais vida para além dos partidos do centrão ...
Hoje não fui á manifestação!, e por tal não assisti á festa da aprovação da moção de rejeição que despediu Passos/Portas e a sua pandilha de neoliberais, remetendo-os para a oposição.
Deixo-vos uma foto da CGTP ...
Hoje não fui á manifestação! 
Mas sinto-me satisfeito com o resultado.
Fiquem bem

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home