quinta-feira, dezembro 03, 2015

A Direita cada vez mais ressabiada ....

A saga da Direita ressabiada está cada vez mais ressabiada.
Roça até por vezes a má educação, esquecendo-se os deputados da direita na sua visão ressabiada sobre a legitimidade de formar governo, que estão no Parlamento.
A forma pouco institucional como a direita decidiram, nomeadamente de Paulo Portas, Telmo Correia, Passos Coelho que decidiu tratar o Primeiro-Ministro por "chefe" do governo, faz com que os detractores das instituições parlamentares e os deputados fiquem aos olhos da população mal identificados, e os levem cada vez mais a afastarem-se do direito politico de intervirem socialmente, nomeadamente durante o período eleitora.
O Parlamento é um local onde o exemplo de institucional deve ser realçado.
Por outro lado dada a forma como sistematicamente apregoam a  "ilegitimidade politica" na formação do Governo do Partido Socialista, apoiados pelos outros partidos da esquerda, PCP, Os Verdes e BE, só provam o desconhecimento da Constituição Portuguesas, assim como o direito democrático de formar Governo.

Artigo da Constituição Portuguesa onde está institucionalizada a forma de formar governo:

Artigo 187.o
(Formação)
1. O Primeiro-Ministro é nomeado pelo Presidente da República, ouvidos os partidos representados na Assembleia da República e tendo em conta os resultados eleitorais.
2. Os restantes membros do Governo são nomeados pelo Presidente da República, sob proposta do Primeiro-Ministro.

Por outro lado também desconhecem o que quer dizer Legitimidade Politica:

 Enfim, eram estes os políticos que queriam dar continuidade ás maldades do neoliberalismo fizeram durante quatro anos.
Esta direita de tão ressabiada que tem andado que decidiu dar um brinde ao Governo do PS assim como a toda a esquerda, ao propor uma Moção de Rejeição.

Por outro lado ficamos a saber que temos um governo social-comunista, o que é deslumbrante nos tempos que correm, será que António Costa encontrou a chave da gaveta onde Mário Soares enfiou em 1975 o Socialismo. Todos sabemos que Mário Soares nunca foi socialista, mas sim social-democrata, aliás conseguiu por essa altura afastar todos os socialistas-marxistas que militavam no PS, tais como Manuel Serra.

Vamos esperar que o tempo decorra, mas sempre atentos, com paciencia para vermos onde este governo, teoricamente de esquerda nos leva.
Fiquem bem.


0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home