domingo, novembro 15, 2015

Vive la France et les musulmans libre ...

Vive la France et les musulmans libre ...
A solidariedade que demonstramos pela carnificina perpetrada em Paris por terroristas a soldo do ISIS, não nos impede de criticar quem abriu esta "caixa de pandora", com o aproveitamento da Primavera Árabe na Tunísia, que tem o seu epílogo com o trágica decisão de um jovem vendedor ambulante tunisino em se imolar em protesto pelas politicas ditatoriais do presidente Ben Ali, e o facto de a "caixa de pandora" à muito estar aberta, com as duas Guerras do Golfo que culminou com a morte do ditador Saddam num julgamento duvidoso, e não ser mais possível fechar, e para a manter aberta o Ocidente, EUA e UE, decidiram aniquilar os antigos ditadores que até então eram os melhores amigos na zona.
E assim, foi decidido deitar abaixo os ditadores da Líbia, Egipto, Síria, e noutros países do Médio Oriente, mas depois de descarregarem as bombas, deixaram esses países á sua conta com guerras civis com um carácter religioso, tendo em conta a existência ancestral de rivalidades entre xiitas e sunitas.
Vive la France et les musulmans libre ...
Então para quando uma politica de intervenção correta sem que estejam bem visíveis os interesses económicos, mas interesse em promover o desenvolvimento dessas populações.
Mas, como sempre os interesses económicos dos EU e da UE, em suma de todo o Ocidente é a procura da exploração económica, e assim  nascem os movimentos anti ocidente que como o ISIS conseguem uma implantação crescente no meio do descontentamento dos radicais religiosos. 
Subjugando as populações mais pobres pelo medo nas áreas do Iraque e da Síria, e promovendo os actos terroristas pelo mundo Ocidental e Muçulmano.
Vive la France et les musulmans libre ...
E porquê um viva á França e aos Muçulmanos livres?
Porque por um lado a França é a identidade do mundo livre através da Revolução Francesa e os Muçulmanos livres são os verdadeiros muçulmanos que seguem o Al Corão da sua plenitude de uma religião tolerante para a qual temos de olhar com a máxima simpatia.
Vive la France et les musulmans libre ...
E, onde vamos colocar a diferença entre migrantes fugidos da guerra, da fome e da miséria, que são os verdadeiros sacrificados pelas guerras que deram origem a esta "caixa de pandora" que vai ser difícil fechar e, os terroristas que vão durante o tempo que leva a fechar a mesma caixa a atormentar as populações do Ocidente e as do Médio Oriente, como Líbano, Egipto, Líbia, Iraque, Tunísia, Síria, entre outros. 
Vive la France et les musulmans libre ...
Por fim deixo-vos uma reflexão, ou várias, qual o interesse bélico em derrubar Bashar al-Assad, em manter Irão fora do processo, estar contra o apoio da Rússia, e apoiar os contra na Síria e das verbas disponibilizadas para o apoio á Turquia, no valor de 3 mil milhões de euros para o apoio ás populações deslocadas, mas claro que essa verba vai ser utilizada para combater o único exercito no terreno que tem em conjunto com as forças sírias parado o avanço das forças do ISIS, enquanto o apoio aos outros países do Médio Oriente e da África sub-sariana ser muito inferior. 
Claro que continuo, mesmo que para muitos isso seja uma blasfémia.
Vive la France et les musulmans libre ...

Fiquem bem.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home