segunda-feira, março 16, 2009

O "nosso Primeiro" o "VITIMIZADO" ....

Grande "chorão" me saiu o "nosso Primeiro", José Sócrates Pinto de Sousa, o "VITIMIZADO", sempre que surgem grupos de contestatários á política deste governante de carácter "autista", que consegue ter a capacidade de se ouvir unicamente a si próprio, minimizando as muitas manifestações de mais de 200 mil manifestantes, ofendendo-os com a afirmação de serem instrumentalizados pelo Partido Comunista, agora junta-lhes o Bloco de Esquerda.
Uma verdade seja dita, tem pouco a argumentar um Primeiro-Ministro que esconde o seu nome completo, primando por apresentar somente os nomes próprios, será que o fez com o intuito de tentar evitar ser misturado nos negócios de Família?, se assim foi que rica família ele tem!
Sempre que a "populaça" sai á rua para se manifesta , com a razão que lhes assiste, provocada pelas maldades que este governo do Partido Socialista tem vindo a realizar, este "nosso Primeiro" que fez toda a sua meninice na Juventude Social Democrática, acredito que com as ideias se tenham livrado dele, mascarou-se de socialista e veio com os seus amigos empobrecer o nosso povo ainda mais que a entrada para União Europeia provocou nos anos noventa.
Mas voltemos lá á "choraminguice" do "nosso Primeiro", o "VITIMIZADO", que sempre que se fala no seu nome, quer seja pelas atrocidades que faz á nação, ao povo ou quando o acusam de assuntos menos nobres, como seja o "caso Freeporte" , quer quando vem a público que como projectista só tem a capacidade de assinar projectos, e que projectos .... MAMARRACHO .....
Mas, voltemos á última manifestação que voltou, digo voltou, a reunir mais de 200 mil pessoas descontentes com o rumo que levou este país governado pelos socialistas, que envergonham os homens e mulheres que lutaram por tonar Portugal livre da ditadura Salazarista, e se vêm em condições semelhantes ás que vivíamos antes do 25 de Abril, só com um senão para estes senhores com tiques de "ditadores", eu preservo a liberdade de expressão que conquistamos em Abril de 1974.
Viva a liberdade de nos expressarmos e de não termos medo destes pseudo-socialistas que vêm em cada esquina um opositor comunista, como o ser comunista seja um crime, tal como eram considerados no tempo da ditadura de Salazar.
Fiquem bem.

2 Comments:

At 2:25 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O Sócrates lançou a suspeita de que a CGTP era uma central sindical ao serviço do PC, então ao serviço de quem tem estado e está a UGT? Foi o PS que apoiou o seu aparecimento porque não convinha que existisse uma única central sindical que reunisse todos os trabalhadores, a CGTP: dividir para poder reinar/governar.
A UGT acabou por aceitar a nova "lei laboral" do Sócrates, que é altamente penalizadora para os trabalhadores assalariados. Só por isso também a identifico como estando ao serviço da política do Sócrates. As leis laborais que poderiam convir a uma parte dos trabalhadores e que a UGT disse terem sido o motivo do seu voto acabaram por não entrar em vigor, pois foram de imediato congeladas em virtude da "actual crise".

Zé da Burra o Alentejano

 
At 2:36 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Durante o anterior regime português, os guerrilheiros que combatiam os portugueses no ultramar eram, para os países que os apoiavam, LIBERTADORES, HERÓIS E PATRIOTAS QUE LUTAVAM CONTRA A POTÊNCIA COLONIALISTA, mas para Salazar eram só TERRORISTAS.

Zé da Burra o Alentejano

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home